Dia Nacional do Fotógrafo e da Fotografia, 8 de janeiro

0
96
Dia do Fotógrafo e da Fotografia

O fotógrafo é um profissional que tem a capacidade de eternizar momentos.

Dia 8 de janeiro é Dia Nacional do Fotógrafo no Brasil. Pois, foi em 8 de janeiro de 1840 que o cientista e empreendedor, Louis Compte, trouxe o daguerreotipo, primeiro aparelho de fotografia construído para ser comercializado em série, para o Brasil.

Assim o aparelho foi apresentado, em cerimônia solene, no Rio Janeiro para Dom Pedro II.

A palavra fotografia vem do grego “fós” que significa luz com “grafis” que significa pincel. Juntando as duas palavras, aparece a expressão: desenhar com luz e contraste.

A captação de fotografia era realizada por meio de exposição manual (cerca de meia hora), para então grafar uma placa de prata sensibilizada com vapor de iodo.

A exposição com a luz transformava os cristais de iodeto de prata em prata metálica, formando uma imagem latente, revelada depois com o uso do vapor de mercúrio.

A fixação era feita com hipossulfito de sódio. O produto transformou-se numa fotografia detalhada, em positivo e em baixo relevo.

Na verdade, a primeira câmera escura rudimentar foi inventada, na Grécia Antiga, por Aristóteles, que permitia visualizar eclipses sem danificar os olhos.

Com o passar dos anos, cientistas descobriram como alguns compostos de prata reagem à luz.

Mas foi Thomas Wedgood, no século dezoito, o primeiro a utilizar nitrato de prata com a câmara escura para fixar imagens em couro. Por isto ele é considerado, por muitos, o primeiro fotógrafo do mundo.

Porém, na realidade, a primeira foto foi realizada por Joseph Niépce, utilizando uma placa com um betume branco e deixando por oito horas numa câmara escura voltada para o quintal da sua casa usando a luz solar.

Louis Daguerre aperfeiçoou a heliografia.

Willian Fox-Talbot aprimorou o método de Daguerre criando os termos: filme negativo e filme positivo.

Frederick Archer criou o processo de revelações de fotos.

No final do século dezenove, George Eastman fundou a fábrica de máquinas chamada Kodak, onde a cada foto, o filme era enrolado num carretel.

Em meados dos anos 90, surgiu a máquina fotográfica que faz revelações na hora.

Na mesma época, surgiu a moda das mulheres procurarem empresas de fotos para realizarem os famosos books, que eram retratos onde as moças apareciam produzidas como estrelas de cinema.

Assim, muitos comerciantes da área enriqueceram.

No final dos anos 90, surgiram os primeiros aparelhos celulares que tiravam fotos.

Com estes celulares que tiram fotos, surgiu a ideia errônea de que qualquer um pode ser fotógrafo.

Mas, na realidade, um profissional da fotografia precisa ter qualidades como:

  • Sensibilidade;
  • Senso de oportunidade;
  • Agilidade;
  • Percepção espacial;
  • Curiosidade;
  • Responsabilidade;
  • Disponibilidade de horário;
  • Técnicas de refração de luz e
  • Conhecimento de todos os recursos de seu aparelho.

Hoje há excelentes cursos para quem deseja se tornar um fotógrafo profissional em instituições de confiança como Sesc e Senac.

Nos cursos de Jornalismo e Publicidade também existem disciplinas com matérias que ensinam técnicas de fotografia.

Todo o fotógrafo é um mágico que possui a técnica de transformar um momento importante em uma imagem eterna.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here