E agora depois de dezenas de anos?… Chegou a Aposentadoria!

1
77
Aposentadoria

É hora de reinventar-se para viver com alegria e assertividade nesta nova fase.

Quando chega a aposentadoria, as mudanças são significativas a ponto de influenciarem fortemente nossa organização psíquica.

Depois de dezenas de anos, os melhores da sua vida, dedicando mais de 50% do seu tempo para se comprometer e viver a missão da organização, muitas vezes abrindo mão do tempo para suas atividades pessoais, lazer, família e amigos, chega a hora de virar o jogo.

Mas, como fazer? Muitas são as questões e dúvidas neste momento:

  • Estou preparada para processar as perdas advindas com a aposentadoria?
  • Gerenciar os ganhos que terei a partir daí, principalmente o meu precioso tempo?
  • Quais são os meus projetos para esta etapa pós-carreira?
  • Como vou financiá-los?
  • Quais as providências devo tomar hoje, visando garantir uma melhor qualidade de vida e autonomia para bem viver a minha aposentadoria? E tantas outras perguntas!…

Para bem aproveitar esta nova fase da vida, é necessário planejá-la. O planejamento psicológico também é essencial para que seja possível se adaptar bem à nova situação, sobretudo se o aposentado tinha uma rotina muito intensa de trabalho.

O impacto com a ruptura da rotina de trabalho, é natural, afinal, tantos anos num ritmo acelerado de trabalho, estudando, atualizando-se para entregar sempre o melhor de si nas suas atividades e processos, contribuindo da melhor maneira possível para os resultados da empresa.

Porém uma preparação para a aposentadoria vai trazer tranquilidade nesta transição, reduzindo a sensação de inutilidade, vazio, abandono e perdas, comum na aposentadoria.

Cada vez mais os aposentáveis optam por frustrar um dos elementos essenciais da Aposentadoria que é a inatividade. Até porque o profissional se aposenta hoje no auge da sua produtividade e vigor e não quer ser excluído do meio corporativo.

Optam por continuar contribuindo com a sociedade com seus talentos, competências e aptidões.

Aos poucos a aposentadoria vai cedendo lugar a um segundo tempo profissional – o pós-carreira. A performance da “nova terceira idade “ é de permanecer ativa, trabalhando de forma remunerada ou voluntariamente.

Cada vez mais as atividades são voltadas para prestação de serviço (venda de conhecimento), transferência de conhecimento e formação de times, onde as pessoas mais experientes levam nítida vantagem sobre os mais novos.

A diferença é de autoestima, elaboração mental e autoimagem, mas não de idade. Os empregadores diminuem preconceitos diariamente pelo mundo afora e contratam profissionais seniores.

Na sociedade do conhecimento cada vez menos encontraremos pessoas que aposentarão suas carreiras. Em vez disso, quando chegarem à maturidade, adotarão novos modelos para a entrega de suas competências.

O caminho para estes profissionais é estar em movimento, em constante atualização. A experiência em diferentes áreas, o seu know-how, experiência de vida, competências, talentos e interesses, muito contribui para oferecer soluções mais assertivas, como é o caso de alguns executivos de grandes organizações.

A aposentadoria requer não somente uma reorganização da vida, mas também uma mudança no modo de pensar, nas atitudes e uma nova visão do futuro.

Esta nova fase da vida requer um condicionamento mental e social que a grande maioria das pessoas não possui, pela falta de conscientização da importância de uma preparação adequada, contemplando não somente as perdas, mas principalmente os ganhos e oportunidades que este momento traz consigo.

O profissional tende a buscar novos rumos, descobrir novas oportunidades, após a aposentadoria. Cada um precisa aprender a recriar uma nova identidade, apoiando-se nos valores que reconhece na sua personalidade e não mais no status ou na imagem social que antes lhe era atribuída pelo trabalho.

Nesta época em que vivemos com tantas facilidades na área da comunicação e do conhecimento, na área da internet e do marketing digital, o profissional pode trabalhar online, se for o caso, graças as inúmeras Plataformas de trabalhos disponíveis e de fácil acesso.

A facilidade de interação com diversos grupos em assuntos que lhe interessem, são canais de trocas de ideias e conteúdo que atualizam conhecimentos e agregam valor nos relacionamentos virtuais.

Existem várias maneiras pelas quais você pode fazer uso da sua experiência e talento no seu pós-carreira:

  • Permanecer ou voltar ao mercado de trabalho com vínculo empregatício. – Nem sempre as pessoas escolhem esta alternativa por motivos financeiros, mas também, por questões de realização profissional, por status ou mesmo para não passar pelo constrangimento dos aspectos sociais negativos e preconceituosos decorrentes do não trabalho ou da aposentadoria.

Um ponto importantíssimo a ser lembrado quando o profissional escolhe permanecer ou retornar ao mercado de trabalho é uma reciclagem, principalmente na área de novas tecnologias e mídias sociais, que lhe permitam continuar a sua jornada, desta vez com base nas suas competências, na sua missão de vida, trabalhando agora no pós-carreira naquilo que ele gosta e acredita, porém observando uma carga horária mais flexível deixando sempre um tempo para suas atividades pessoais e de lazer com a família.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here