Idade adulta fator limitante no Aprender Inglês…

2
19897
Idade adulta fator limitante
Idade adulta fator limitante no Aprender inglês

Esta afirmativa é um mito ou verdade?

Idade adulta fator limitante: Vários fatores influenciam no aprendizado de um segundo idioma. Muitos defendem que a idade é um deles.

Muitos centros de idiomas e colégios bilíngues vendem a ideia de que quanto mais cedo se iniciar os estudos de idiomas, melhor para sucesso da aprendizagem.

Porém será mesmo uma verdade absoluta? A idade certa, a janela da aprendizagem é real?

Aprender, Escola, Aulas De Línguas
aprendizado de idiomas

O que percebo através de pesquisas e vivências, é que esse pensamento tem contribuído para a criação de crenças extremamente limitantes.

Os mesmos centros e colégios não levam em consideração alguns fatores. Por exemplo, a diferença no ensino para adultos e crianças.

Focados apenas na pedagogia e desenvolvimento infantil, toda a metodologia e estratégia são voltadas para chamar a atenção da criança.

A forma como um adulto aprende e interage com os conteúdos têm sido ignorados. Há uma adaptação de vários métodos, uma verdadeira colcha de retalhos.

Por haver grandes diferenças entre os adultos e crianças, na sua forma de aprendizagem, onde se aplica apenas a Pedagogia, ao invés da Andragogia, bloqueios emocionais acabam sendo criados, resultando em frustrações e fracassos, atribuídos assim à idade do aluno.

O nosso cérebro possui plasticidade, quanto mais você utilizar, mais sinapses serão criadas através das experiências e é exatamente aí que entra o resultado positivo na aquisição do idioma.

Mudanças na abordagem, na entrega do conteúdo, na interação do professor e aluno, farão com que os adultos aprendam igual ou até mais rápido do que as crianças.

Os fatores que influenciam, e podem limitar a aprendizagem de qualquer habilidade, em qualquer idade são:
  • Alimentação inadequada (falta de nutrientes adequados comprometem o funcionamento do sistema nervoso central; alimentos gordurosos ingeridos momentos antes do estudo);
  • Ambiência (ruídos, poluição sonora e iluminação), metodologia adequada à faixa etária e fatores emocionais;
  • Desidratação: a desidratação pode causar confusão mental, tontura e dores de cabeça;
  • Problemas físicos relacionados ao aparelho fonador;
  • Neurológicos;
  • Fatores emocionais.

Todos esses fatores serão detalhados em outros artigos fazendo parte da série dos fatores que podem limitar a aprendizagem.

Como pudemos observar, o fator idade não faz parte dessa lista e vale ressaltar que é um mito. A idade adulta não é um fator limitante para aprender inglês de forma eficiente.

Quando os professores estão ensinando o idioma para crianças, preocupam-se em criar experiências marcantes e significativas. As crianças estão mais abertas, livres de pré-julgamentos e medos de cometerem erros.

Já os adultos, entram na sala de aula com todos os paradigmas formados e cristalizados, reforçados por dezenas de artigos sobre o assunto.

A aprendizagem está relacionada à memoria. Aprendemos o que é relevante. Retemos as informações a partir das experiências, das memórias afetivas.

Portanto, para que adultos aprendam de forma efetiva, assim como uma criança, um dos fatores a serem considerados é a abordagem. A forma como o idioma é apresentado deve ser diferente.

Devem ser geradas relevância e experiência emocional. Trata-se do como, e não só para quem.

A menos que centros de idiomas e colégios bilíngues aceitem que há uma diferença a ser respeitada e adotem abordagens diferenças, as crenças continuarão sendo alimentadas de forma negativa e adultos continuarão frustrados.

Clique aqui e acesse, curta e compartilhe minhas outras matérias.

2 COMENTÁRIOS

  1. Eu conheço a Professora Andrea Torres há muito tempo, e sempre admirei ela pelo seu trabalho e como ela se desenvolve na área profissional quando soube que ela ia ser colunista da aEmpreendedora fiquei muito emocionado porque sei como ela consegue chegar nas pessoas de todas as idades, mudar suas vidas com um princípio fundamental com Deus, pois sem ele não sou nada. Dou os Parabéns à aEmpreendedora em pensar em Andrea Torres.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui