728 x 90

Lei da Riqueza – A lei que gerencia a riqueza do universo

Lei da Riqueza – A lei que gerencia a riqueza do universo

Você sabia que existe esta lei universal?

Lei da Riqueza existe e funciona de forma voluntária e involuntária, em qualquer lugar, você sabendo ou não da sua existência!

Antes de prosseguir, é necessário que você esteja disposto a mudar sua mentalidade (mindset).

Essa história de que é mais fácil um camelo passar no buraco da agulha, do que um rico entrar no reino dos céus foi interpretada erroneamente.

Há muito tempo, as muralhas de Jerusalém tinham grandes portões, que se fechavam às 18h00min. e as caravanas que chegavam após este horário, não podiam mais passar pelos portões. A única opção que restava era passar por uma portinhola (fundo de agulha), feita para camelos que passavam de joelhos e sem cargas.

Seu significado, portanto, é que para entrar no reino dos céus, precisamos entrar humildemente, levando conosco apenas o conhecimento que adquirimos aqui nesta terra.

É verdade que não levaremos nenhum bem material, mas em nenhum momento foi dito, que o dinheiro nos impediria.

Ter o suficiente para nossas necessidades é um direito de todos.

Alguns princípios básicos da Lei da Riqueza incluem evitar dívidas às quais você não consiga honrar; investir em ativos de alto valor em vez de em produtos de consumo rápido.

Um pai de família que tem 4 filhos, está preocupado com a moradia, saúde, estudos, vestuário e alimentação destes, e se a parte financeira está um caos, seja por poucos recursos ou por má administração, ele não tem cabeça para espiritualidade. Sua mente está totalmente focada nas necessidades básicas da família.

O dinheiro quando bem utilizado é o caminho para a espiritualidade.

O fogo é bom ou ruim? A resposta vai depender do contexto.

Ele pode ser usado para assar uma carne e/ou nos aquecer no inverno, mas também pode queimar uma casa ou devastar uma floresta.

Para mudar sua atual realidade, é importante saber onde você está agora, e para onde quer ir, afim de chegar em seu objetivo.

Qual seu objetivo de vida? Quais são os passos (metas) que você vai tomar para chegar lá?

Sabendo a colheita que você quer ter, fica muito mais fácil escolher o tipo de semente que precisa plantar.

 

 

Entenda que você precisa de um Planejamento, de uma Estratégia e de Implementação. Essas 3 coisas, acompanhadas de organização, foco, disciplina e constância.

Caso contrário, continuará obtendo os mesmos resultados, permanecendo sofrendo com a doença do Vitimismo. Leia mais sobre esta doença em:

https://aempreendedora.com.br/o-vitimismo-e-uma-doenca-e-pode-destruir-sua-vida/

A riqueza está associada à aquisição, acumulação e usufruto dos bens materiais e serviços adquiridos, e pelo estabelecimento de novas relações sociais baseadas no uso dos mesmos.

É importante destacar que a riqueza não é só material: ela também pode ser intelectual e emocional.

Costumo comparar a Lei da Riqueza com uma mesa retangular, que para cumprir com seu propósito, precisa de 4 pernas e um topo.

 

Lei da Riqueza

Lei da Riqueza

 

A lei do Ganhar

O seu salário é uma das formas de ganhar dinheiro, se você não está gerando a renda que gostaria, procure outro trabalho ou outras formas de aumentar sua renda.

Todo dinheiro é criado por uma máquina, mas a riqueza que este representa é criada pela mente humana. São as suas ideias e a sua criatividade que irão gerar dinheiro.

Portanto, coloque sua mente para pensar.

 

A lei do Gastar

Aprenda a gastar conscientemente. Saber o que cabe no seu orçamento te dá liberdade de ir e vir no dia a dia.

O mesmo pão de queijo vendido no aeroporto tem outro preço quando a gente compra na lanchonete da dona Maria. O valor do serviço ou produto é definido entre o cliente e o vendedor.

Se o que você quer comprar não é a última garrafa de água no deserto, pare, pense e tome uma decisão mais assertiva.

 

A lei da Doação

Aos 21 anos tive um insight sobre a Lei da Doação, que até então, eu só conhecia como dízimo, que era doar 10% de tudo aquilo que eu produzia / ganhava através do trabalho.

O dízimo se enquadra na Lei da Doação, no meu caso eu doava para igreja, mas há pessoas que fazem doações generosas para centros de reabilitações, casa de repouso, casa da criança dentre outros.

Ao entendermos que devemos doar de nosso tempo, talentos (não só o dinheiro) receberemos de volta aquilo que doamos, seja fazendo novos negócios, boas parcerias, novas ideias, e até mesmo sorte de estar no lugar certo na hora exata, em suma, o universo encontrará uma maneira de nos recompensar.

 

A lei do poupar / Economizar

Eu apliquei o mesmo principio dos 10% que é devolvido à igreja para minha vida pessoal. E foi assim que conheci o Sul do Brasil, Argentina, Europa, Estados Unidos e outros lugares.

 

A lei do investir / Dizimo pessoal

Eu gostei tanto do conceito de dízimo, que eu também retirava 10% para investir em mim. Com este recurso, fiz faculdade, pós-graduação, MBA, certificações, treinamentos e comprei um apartamento.

Este vai funcionar como um ímã de dinheiro. Jamais deve ser usado para adquirir algo que seja perecível ou roubado.

Quando o dinheiro caia na conta corrente, já tirava os 10% para doação religiosa, 10% para poupar/economizar e 10% para investimento / dízimo pessoal para não correr o risco de não sobrar dinheiro para fazê-lo.

Ao entendermos o fluxo da Lei da Riqueza, poderemos avaliar nosso comportamento diariamente, reavaliar e reorganizar o que precisa para que caminhemos em direção à nossa riqueza, seja ela financeira, espiritual, física ou emocional.

A riqueza está ao alcance de todos, mas para atingi-la existem caminhos que precisam ser percorridos.

Há uma abundância enorme de recurso para todas as pessoas. Um bom negócio é aquele que todos ganham. A gente só colhe o que planta.

Clique aqui para baixar a planilha de fluxo de caixa: Excel para fazer no computador ou PDF, para você imprimir e preencher a mão.

Se você ainda não fez suas metas, agora é um bom momento. O vídeo abaixo irá ajudá-lo

 

Pergunte a si mesmo:

  • O que eu quero estar fazendo daqui a 10 anos?
  • Que tipo de vida eu quero ter para mim?
  • O que eu preciso fazer para ter o estilo de vida que eu quero?
  • O que preciso fazer para mudar essa realidade?
  • O que eu sei fazer que poderia aumentar minha renda?
  • Que tipo de investimento posso fazer para aumentar meu conhecimento e ampliar o leque de oportunidades?

 

Lembre-se que o melhor momento para fazermos qualquer mudança na vida é aqui e agora.

Um beijo de luz e até o próximo artigo.

Clique aqui e acesse, curta e compartilhe minhas outras matérias.

8 - 0

Thank You For Your Vote!

Sorry You have Already Voted!

Posts Carousel

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Latest Posts

Top Authors

+ Comentado

Vídeos em Destaque

8 - 0

Thank You For Your Vote!

Sorry You have Already Voted!