Mulher – influencia e é influenciada

0
2978
influencia e é influenciada
Mulher - influencia e é influenciada

Como influenciar pessoas em tempos de pandemia?

Mulher – influencia e é influenciada, principalmente numa sociedade em que todos estão interligados por conexões digitais, internet e redes sociais, o que você faz, diz ou pensa, não fica mais no privado.

Somos uma geração de ações e atitudes públicas, portanto, cuidado, pois tudo poderá ser usado contra você amanhã nos tribunais da vida, dos negócios, do mercado e da política.

Se você é uma profissional que utiliza essas ferramentas como meio de trabalho, o seu problema é maior ainda.

Pois você depende delas para levar às pessoas ou grupo (nichos), a fazer algo, tais como: comprar, pensar, usar, consumir e votar. Ou seja, você precisa construir uma autoridade moral, uma referência em sua área de atuação.

Em momentos de crise como estamos vivendo, quem conseguir se estabelecer como uma influenciadora profissional, terá muito sucesso em qualquer posição pessoal, social e profissional.

redes sociais
Mulheres são excelentes comunicadoras e influenciadoras em redes sociais

A sociedade está carente de pessoas com conhecimento profundo de causa, ou seja, que saiba o que está falando; não é ter achismos; é ter certeza, técnico-científica, ser coerente em suas posições ético-morais e excelente comunicadoras, com capacidade de utilizar os vários recursos, ferramentas digitais, redes sociais disponíveis para chegar até o seu público alvo.

Pesquisas recentes advindas das teorias da Psicologia Social nos mostram que existem princípios que se, acionados, tendem a provocar mudanças no comportamento humano e essa tendência é aplicável na maioria dos casos estudados.

São alguns deles:

  1. Reciprocidade

Capacidade de retribuir os favores recebidos, mesmo os que não tenham sidos solicitados. Por isso, faça para o outro o que você deseja que façam para você; seja prestativa, fazer favores sem ver a quem e, principalmente, seja grata por tudo que fazem por você e retribua os favores recebidos.

  1. Comprometimento

Esteja comprometida com seus valores e princípios e mantenha uma coerência entre o que você fala e o que você faz. A velha máxima “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”, acabou. Você é responsável pela sua coerência.

  1. Autoridade legítima

Sua autoridade é legítima quando há o reconhecimento social. Portanto, cuidado: você é eternamente responsável por aqueles que cativa. Os mesmos que te reconhecem e te valorizam, são os que podem te destruir.

  1. Princípio da escassez

Não pense que ficar dando sopa por aí, aparecendo de qualquer jeito, a qualquer hora, vai ajudar nos seus propósitos de influenciar as pessoas. Não entregue tudo às pessoas, seja discreta e pontual.

As pessoas não valorizam e nem acreditam no que está sobrando, que tem em qualquer lugar e a qualquer momento. A tendência é a valorização do que é escasso, pouco, caro e não tem, ou nem todos podem ter. Valorize-se como algo precioso e escasso no mercado.

Essas dicas funcionam, pois, estão associadas ao processo evolutivo, os quais favorecem a convivência, a minimização dos erros e até mesmo a punição.

Exemplo é que as lideranças natas encontram adesão mais do que os líderes de fusão. Isso também justifica o porquê da necessidade que o ser humano tem de criar as representações de líderes salvadores da pátria para se eximir das suas responsabilidades.

Você deseja ou precisa influenciar positivamente seu público alvo e ser modelado por ele? Então, evite as alternativas mágicas, os caminhos fáceis dos atalhos mentais e invista em trabalho árduo, treinamentos, estudos e pesquisas.

Por onde começar?
  1. Avaliação coerente e profissional sobre suas habilidades e competências existentes e as que terão que ser desenvolvidas – uma Análise Comportamental Pessoal e Profissional é uma excelente ferramenta para esse diagnóstico;
  2. Processos de desenvolvimento Pessoal e Profissional – Um dos mais modernos, eficientes e rápido processo de desenvolvimento humano existentes hoje, é o Coaching. Ele consiste em uma metodologia de desenvolvimento e capacitação pessoal e profissional, que visa atingir metas determinadas;
  3. Cursos e treinamentos específicos de Comunicação e Oratória Assertiva e Não Violenta, Como Influenciar Positivamente as Pessoas, Relacionamento pessoal e interpessoal, entre outros.

Essas dicas farão de você uma grande influenciadora e uma grande profissional em qualquer área. Como diz Eduardo Galeano, “Somo o que fazemos, mas somos principalmente o que fazemos para mudar o que somos”.

Boa sorte e muito sucesso!

Clique aqui e acesse, curta e compartilhe minhas outras matérias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here