Os impostos que podem salvar.

O decreto de aumento de impostos PIS/CONFINS veio na quarta-feira e logo refletiu nos preços da gasolina no dia seguinte em todo Brasil. A proposta, segundo o executivo, serve para arrecadar mais dinheiro para ser implementado em diversas áreas públicas, mas, com certeza a aplicabilidade que será mais instantânea será para os bolsos de deputados indecisos quanto à denúncia que corre contra o presidente da república, Michel Temer.

Gasolina
Impostos combustíveis

Ao todo somam-se 80 parlamentares não têm um pensamento consolidado quanto à denúncia marcada para o dia 2 de agosto, que autorizar o Supremo Tribunal Federal (STF) julgar o presidente pelo crime de corrupção passiva.

A menos de duas semanas da decisão, o que corre nos corredores na Câmara dos Deputados é o foco que Temer está tendo para a votação. Em conjunto, pode haver certo desespero em conseguir mais aliados para que a denúncia não vá adiante e assim, conseguir aprovar a reforma da previdência.

A estratégia adotada para arrecadar dinheiro e ser passada para deputados investirem em suas emendas, deveria ter um retorno rápido. Gasolina e Etanol. E quem não precisa dessas misturas? Todo o funcionamento depende desses recursos, desde a agricultura até no transporte que te leva para casa.

Pretende-se arrecadar com o reajuste R$10,42 bilhões, e isso pode abrir espaço para um aumento de verbas dessas emendas. E quem sabe isso não ajude os deputados na votação.

Aumento-do-PIS

Compartilhar

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
Telegram
Pular para o conteúdo