Procrastinar, este mal que nos impede de avançar

0
Procrastinar
Procrastinar, este mal que nos impede de avançar

O que é, como nos atinge e como sair dessa armadilha

Procrastinar, este mal que nos impede de avançar é o ato de postergar uma atividade importante e inevitável para fazer coisas menos desgastantes ou agradável.

De acordo com estimativas, a procrastinação afeta até uns 80% dos estudantes, 15 a 20% da população adulta e esporadicamente até uns 90% das pessoas em geral.

Esses dados são assustadores, visto que, na idade escolar isso pode acarretar sérios prejuízos devido ao adiamento de tarefas. Na vida adulta, os prejuízos podem vir em forma de perda de oportunidades, estresse, desgaste na relação familiar e com amigos por falta de tempo, perda de emprego por não conseguir cumprir prazos e tarefas, por exemplo, etc.

Ao adiar tarefas e planos, a primeira pessoa que sabotamos somos nós mesmos.

“Amanhã eu começo a dieta, Segunda feira eu começo a me exercitar, amanhã, amanhã, sempre amanhã…”, mas outro fato é que vivemos em sociedade e nossos atos interferem direta ou indiretamente na vida de outros, não podemos ignorar isso.

Mas qual a razão de procrastinar?

Ela pode ser causada por problemas psicológicos, como ansiedade, problema de autoestima, desorganização, baixo autocontrole, medo de frustração… ou por causas fisiológicas, como alguma lesão que possa fazer a pessoa sofrer com mais distrações mentais, perda do foco.

Embora o fato de procrastinar esteja intimamente ligado a saúde mental, continuar adiando as coisas não favorecem a melhorar o problema, ao contrário, provoca mais estresse e ansiedade.

O que fazer para mudar isso?

  • Estabeleça metas (pequenas, atingíveis) desta forma você evita a frustração;
  • Estabeleça prazos para executar;
  • Elimine os sabotadores externos (TV, espiadinha no Instagram, etc.) deixe-os como prêmio por haver terminado sua tarefa;
  • Comece por exemplo fazendo primeiro o que menos gosta, assim quando começar a perder tua energia e foco, você estará apto a fazer aquilo que gosta, livrando-se da tarefa menos prazerosa;
  • Aprenda a dividir. Se seu objetivo é muito difícil de cumprir, divida-o em pequenas tarefas de maneira que você possa realizar em um tempo concreto e não muito distante;
  • Seja realista: não encha tua agenda com tarefas que sabe não conseguirá cumprir. Inclua somente tarefas que possa realizar durante esse dia;
  • Faça uma lista de tarefas à parte da agenda e ao final de cada dia vá eliminando as que forem sendo executadas. Isso te dará um sentimento de satisfação por ver que consegue cumprir com o que estava pendente.

E aprenda a se conhecer, se sentir que precisa de ajuda, em casos mais graves de procrastinação, depressão, procure auxílio psicológico.

Clique aqui e acesse, curta e compartilhe minhas outras matérias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here