Reflexos do estresse pessoal e profissional no organismo

0
302
Reflexos do estresse pessoal e profissional no organismo

Como lidar com ele, amenizando os efeitos

Além do que se pode ver fisicamente, os reflexos do estresse são grandes agressores psíquicos, com efeitos que podem causar problemas psicológicos como perda de memória e capacidade de raciocínio.

Isso acontece porque as células cerebrais são afetadas.

Quem está deprimido projeta tristeza em todas as partes do corpo.

A produção de neurotransmissores a partir do cérebro se atrai, o nível de hormônio varia, ciclo do sono é interrompido, os receptores neuropeptídicos oxigênios na superfície externa das células da pele se modifica.

Ele faz com que o cortisol — o hormônio do estresse — leve uma parte da glicose para os músculos como resposta e deixa menos dessa fonte de energia para o cérebro.

A capacidade de defesa do nosso organismo é essencial para a saúde. Todos os dias estamos expostos diante de invasores que querem entrar no nosso organismo, o que pode causar uma doença.

Quando o sistema imunológico está defasado, um grande problema é criado.

Apesar de estarem aparentemente em lados opostos, líderes e liderados sofrem as consequências do mesmo grave problema: nem sempre as pessoas certas estão nos lugares certos.

Isso gera inúmeros transtornos no dia a dia corporativo e na vida de muitas pessoas. Uma vez que indivíduos infelizes no trabalho tendem a sentir os efeitos negativos também em sua vida pessoal.

A pergunta que surge é: Como e porque bons profissionais vão parar em lugar errado?

Conhecer bem como as pessoas funcionam, a começar por si mesmo é o melhor caminho mais eficaz para administrar seus talentos e suas limitações para poder ser cada vez mais bem-sucedido nos negócios e na carreira e eliminar o estresse é a forma mais sábia de manter o equilíbrio e garantir o sucesso profissional.

Devemos procurar compreender melhor o funcionamento da personalidade humana.

Usar as novas descobertas da neurociência e da psicologia para lidar melhor com as pessoas.

Aprimorar talentos e decidir até que ponto vale a pena corrigir pontos fracos ou investir em pontos fortes.

Entender porque as pessoas demonstram muita facilidade para atuar em determinadas áreas e sofrem tanto para fazer coisas até mais simples em outras.

Escolher a pessoa certa para o lugar certo, dando treinamentos de qualidade e medindo seus resultados, do que dependerá mais o sucesso dessa pessoa: de esforço ou de talento?

Dependerá dos dois! Descobrir seu principal talento e trabalhar duro para aprimorá-lo será um roteiro seguro, e certamente evitará o estresse.

Todo bom profissional sonha em ser reconhecido por seu trabalho, espera ser promovido, ganhar mais, ser muito requisitado, ficar famoso, ajudar os outros ou tudo isso ao mesmo tempo.

Em geral, quem trabalha naquilo que gosta tem muito mais chances de alcançar seus objetivos, e um equilíbrio emocional mais satisfatório.

Mas, para obter esse resultado, exige muita dedicação, sinto muito, mas atingir a excelência não costuma ser uma atividade divertida.

Trabalhar, estudar e se preparar 50% a mais do que a média das pessoas, mesmo para quem tem talento, exige muita disciplina, entretanto a disciplina evita o estresse, então é claro que vale a pena se planejar.

Lembre-se sempre que um ataque de depressão ou estresse pode arrasar nosso sistema imunológico, asserenar-se ao contrário, pode fortifica-lo intensamente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here