Setembro Amarelo, mercado de trabalho e coaching: tudo a ver

0
1388
Setembro Amarelo

Data amplia reflexões sobre a depressão em diversos ambientes de trabalho.

Estamos no finzinho de setembro, mês em que é celebrado o Setembro Amarelo, data fixa criada para conscientizar a população sobre a prevenção ao suicídio.

Perdoem-me pelas propositais repetições, mas enfatizar tal assunto é fundamental!

A campanha Setembro Amarelo foi instituída no Brasil em 2015 e, a partir de então, todos os anos em setembro vem à tona este cuidadoso e empático olhar sobre a depressão e suas consequências (entre elas, o suicídio).

Nas últimas décadas, essa doença tem atingido índices alarmantes. Por isso, fez-se necessária uma data em que as pessoas possam tomar conhecimento e até mesmo ajudar outras que estejam passando por situações que levam a estágios depressivos.

A saúde mental muitas vezes é negligenciada em vários contextos da vida e um deles, infelizmente, é o profissional.

Ambientes de trabalho insalubres, prazos irreais, assédio moral constante são alguns dos fatores que contribuem para o desequilíbrio da saúde psíquica do colaborador.

Em determinados meios profissionais, os funcionários costumam ser tratados como meros números sem vida, cujo único objetivo é produzir sem precedentes e a qualquer preço.

Costuma-se esquecer um dos principais intuitos e pilares de um trabalho: a satisfação pessoal.

Infelizmente, no lugar dela vemos germinar sentimentos negativos e de menos valia nesse terreno que deveria estar plantado um jardim de paz e felicidade. Muitos profissionais sofrem muito e, pior, calados, pois acabam não procurando ajuda.

É justamente aí que o coaching entra nessa história! Por meio de consultoria ou até mesmo como colaborador interno em determinadas empresas, o coach pode auxiliar na melhoria de processos e na gestão de crises para minimizá-las.

Ao contrário do que erroneamente é pensado e propagado, coaching não é o equivalente a terapias.

Em cenários de risco, o coach vai atuar na mediação de conflitos dentro da empresa em que for contratado e auxiliar os colaboradores no processo de autoconhecimento.

Se você é gestor de uma empresa e deseja que o ambiente dela esteja sempre em paz e harmonia, vale a pena considerar a possibilidade de contratar um profissional de coaching habilitado para atuar no apoio à gestão de pessoas.

O bem mais precioso das empresas são as pessoas e, por essa razão, sempre é válido investir nelas e nos talentos próprios de cada uma, criando-se assim um ambiente empático e que lhes dê satisfação.

A conscientização da campanha Setembro Amarelo não deve ser restrita apenas ao mês de setembro, mas sim ao ano todo, pois a empatia e o respeito devem coexistir durante os 365 dias que o compõem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here