728 x 90

Sites de relacionamentos são para as mulheres fortes.

Sim! Há quem pense que sites de relacionamentos são uma bobagem e fazem críticas por puro preconceito, ou pensam que só se perde tempo e nunca dá em nada.

Quem é usuário dessas ferramentas, sabe que a dinâmica é muito diferente desse cenário. Todos os dias, milhares de pessoas acabam se conhecendo virtualmente e outras milhares têm seus primeiros encontros presenciais marcados.

Esse formato de encontros online, está em alta porque a tecnologia nunca esteve tão a nosso favor como nos dias de hoje. Conseguimos fazer quase tudo pela internet, inclusive arrumar um namorado!

Mas, navegar nesses sites e App, é coisa para gente forte.

Encontram-se pessoas de todos os tipos: bonitos, feios, magros, gordos, gente muito legal, gente querendo fazer amizades, gente querendo conhecer pessoas para começar um novo relacionamento, casados assumidos, casados mentirosos, gente que mente por mentir, gente complicada, gente que fala demais…. E por aí vai.

O primeiro critério de escolha é sempre o mesmo, e, funciona como uma revista eletrônica de fotos. Você vai passando um a um, e os que gostou, clica no botão do sim, e os que não gostou, passa adiante. Se o outro lado também gostou do que viu, dá um like e estão liberados para conversar.

É simples assim. Porém, quando duas pessoas se curtem e começam a conversar, o cuidado tem que ser dobrado.

Explico o porquê: No momento que a gente começa a conversar com outra pessoa, somos cobertas de elogios e discursos gentis. Quando o papo começa bem, evolui-se geralmente para o WhatsApp.

De lá, para marcar um encontro presencial, é questão de tempo, e, uma coisa que começa aparentemente super bem, pode na verdade, ser uma grande armadilha para a nossa autoestima.

Tenho um exemplo bem recente: Uma grande amiga minha, estava desolada há alguns dias. Saímos para tomar um café, e ela desabafou dizendo que não sabia qual o seu problema, porque já havia conhecido dois caras bem interessantes no site de relacionamento, mas depois do primeiro encontro, eles não a procuraram mais.

Perceberam o que aconteceu com ela? Se sentiu culpada porque dois homens que foram gentis em determinado momento, não a procuraram mais depois que saíram a primeira e única vez. Será que não passou pela cabeça dela em nenhum momento que esses caras gentis, na verdade, só queriam um encontro casual?

Não dá para adivinharmos o que os caras querem, mas o que dá para fazermos, é ficarmos atentas, baixando as expectativas em relação ao próximo.

Muitas vezes, nos iludimos com uma conversa agradável, um monte de elogios, uma pessoa com comportamento desesperado querendo marcar um encontro, e depois que acontece, ele some.

E quando ele faz isso, nós mulheres, achamos por uma série de motivos, que a culpa foi nossa, que não agradamos, que não deveríamos ter ido para cama ou mesmo ceder às suas investidas em tentar nos beijar, etc..

E isso para a nossa autoestima, é um verdadeiro veneno.

Vejam que o cara que nos colocou lá para cima, cobrindo-nos de elogios, é o mesmo que nos jogou para baixo, sumindo ou ficando frio depois do primeiro encontro.

Por outro lado, a autoestima baixa, reflete em tudo na nossa vida, inclusive na profissional, que deveria ficar intocada.

Ficamos inseguras, desanimadas, ansiosas, irritadas, nos sentimos feias, e muitas vezes provoca o início de uma depressão.

Como então, nos blindar de situações como essa? Simples! É só colocar na cabeça que o primeiro encontro é para a gente aproveitar.

Para curtirmos o encontro, a primeira coisa que temos que fazer, é baixar a expectativa em relação ao outro. Vá de cara e alma limpa. Seja você mesma, e se ame inteira por ser do jeito que você é.

A ordem é se divertir. Beije na boca se sentir vontade, estenda a noite se sentir segura, fique com a pessoa porque você quer se divertir, e não pense em mais nada a não ser naquele momento.

O dia seguinte, está fora do seu alcance. Não dá para controlarmos o que o cara pensa, ou mesmo, o que ele realmente quer.

Lembre-se que do mesmo jeito que há caras muito bacanas e disponíveis procurando alguém, há também o cara que não é tão legal, que só quer se divertir por uma noite, mas, esquece de nos avisar.

Se você não aceita um único encontro, então, explore melhor o comportamento da pessoa que está conversando. Apesar de todo o papo galanteador, eles sempre dão indícios do que buscam.

Não posso dizer que é regra, mas observe se demora para responder as mensagens, se costuma sumir por várias horas ou dias, se no site ou App de relacionamentos só tem uma foto… pequenos gestos, costumam ser padrão em pessoas que só buscam aventuras.

Por último, quero dizer que, por experiência própria, acredito que sites e App de relacionamentos são idealizados para deixar –nos feliz. Para fazer com que encontremos pessoas legais, que agreguem prazer a amor à nossa vida.

Uma dica de aplicativo é o BeLove, confira…

 

BeLove

Androide

Em breve

Em breve

0 - 0

Thank You For Your Vote!

Sorry You have Already Voted!

3 comentários

Posts Carousel

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

3 Comentários

  • Cláudia
    6 de dezembro de 2017, 17:16

    Eliane Nogare! Parabéns pelo texto…acho que suas dicas valem pra todos os tipos de encontro… não apenas aqueles através do app.

    RESPONDER
  • Leila Matheus
    6 de dezembro de 2017, 16:35

    Nossa essa matéria é a mais pura realidade.
    O importante mesmo é estar bem com nós mesmo para depois encontrar alguém independente se é pra curtir ou um relacionamento sério…
    Parabéns Eliane.

    RESPONDER
    • eliane nogare@Leila Matheus
      6 de dezembro de 2017, 16:45

      Obrigada Leila! Sim, o importante é estarmos bem com nós mesmas, Quando isso acontece, tudo fica mais leve e divertido, até mesmo os encontros mal sucedidos.kkkkk

      RESPONDER

Latest Posts

Top Authors

+ Comentado

Vídeos em Destaque

0 - 0

Thank You For Your Vote!

Sorry You have Already Voted!