A vida começa a fazer sentido aos 30 anos de idade

0
95
A Vida começa aos 30

É quando a vida começa a se estabilizar que surgem as grandes questões existenciais e a tal crise dos 30 anos.

Estava eu, fazendo um curso online sobre técnicas de escrita quando o professor usou a expressão “crise dos 30 anos”. Eu, com os meus 32, nunca tinha ouvido falar de tal crise, pelo menos não de forma consciente.

Resolvi consultar o “Google Mãe” e me deparei com vários textos sobre o assunto.

Descobri que aos 30 anos, a maioria das pessoas se sentem vulneráveis, pois não fazem mais parte do mundo jovem da época da faculdade e tão pouco conseguem se enquadrar no mundo adulto de verdade.

É após três décadas vividas que começam a surgir os cabelos brancos e as primeiras linhas de expressão. O joelho e as costas doem a qualquer movimento brusco e a cama (acompanhada do Netflix) parece mais tentadora que qualquer balada open bar.

São muitas as mudanças físicas, mas o que realmente começa a incomodar são as mudanças internas. As perspectivas de vida mudam e você começa a refletir sobre onde, como e com quem quer estar daqui a 20 anos.

É comum conversar com meus amigos e ver que muitos estão confusos com a carreira que decidiram seguir, com a vida amorosa e com o quão vale a pena abandonar os padrões impostos pela sociedade e ir em busca de seus sonhos.

São pessoas insatisfeitas com a vida que levam e só uma mudança nas ações rotineiras podem fazer senti-los confiante e realizados.

Segundo artigos e estudos publicados nos Estados Unidos da América, é durante as duas pontas dessa década (quando entra ou quando sai da fase dos 30 anos) que fazemos uma autoanálise sobre as nossas satisfações.

Essa, também é uma fase da vida que oferece mais oportunidades para avaliarmos nossas conquistas, fazer mudanças e definir quais caminhos devemos seguir.

De acordo com os estudos citados acima, jovens de 30 anos tendem a estar mais desgastados profissional e emocionalmente que pessoas de 20 ou 40 anos.

Essa fase da vida pode significar para muitos um período de ansiedade e de questionamentos existências. É quando somos atormentados pela sensação de impotência diante de um emprego ou relacionamento que não está funcionando mais.

A crise dos 30 anos é um momento delicado que muitos jovens passam, mas pode ser encarada com uma oportunidade positiva, uma vez que gera um desejo de mudança e uma vontade de reconstruir a vida com algo que faça sentido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here