Dia 28 de Agosto, Dia Nacional do Voluntário e do Voluntariado

1
66
Voluntariado

O voluntário é um anjo que usa as próprias asas para ajudar o próximo.

Meu nome é Luciana do Rocio Mallon, sou vendedora e realizo um serviço voluntário chamado Lendas, Repentes e Danças em asilos, creches, bibliotecas, hospitais e eventos.

Com o voluntariado, desvendei o verdadeiro significado da palavra solidariedade e fiz novos amigos.

Por coincidência hoje, através da mídia, descobri que se comemora o Dia do Voluntário e do Voluntariado.

O Dia Nacional do Voluntário foi instituído em 28 de agosto de 1985 pelo presidente José Sarney.

Voluntário é a pessoa que exerce um serviço, sem remuneração em dinheiro, por vontade própria.

Segundo profissionais de saúde mental, este tipo de atividade faz bem tanto para quem recebe quanto para quem exerce.

Em Curitiba e Região Metropolitana há instituições que aceitam voluntários, como exemplos: Associação Beneficente Anjos da Cidadania e Asilo Vovó Joana.

No ano de 2016, Milton Leite, esposo de Adriana Paula fez uma cirurgia na coluna e entrou em depressão.

Esta senhora orou para que uma ideia iluminasse o caminho de seu marido e surgiu a ideia de montar uma gibiteca no ginásio de esportes do bairro.

Assim Adriana e Milton passaram a receber doações de livros, revistas e montaram um projeto chamado Anjos da Leitura.

Mas ela notou que as crianças precisavam de mais atividades.

Fonte: Tribuna do Paraná

Então Adriana entrou em contato comigo, onde eu chamei mais voluntários, para o projeto, que são professores de diversas áreas. Assim o nome mudou para Anjos da Cidadania.

Deste jeito as crianças passaram a ter aulas gratuitas de: Balé, Judô, Capoeira, Música, Artesanato e Reforço Escolar.

Os Anjos da Cidadania estão localizados na Rua Jorge Amado, 711, Jardim Veneza. Fazenda Rio Grande Paraná.

Já o Asilo Vovó Joana existe há mais de quinze anos e é comandado por Dona Jô e Dona Tata. Hoje elas abrigam 23 idosas e aceitam vários tipos de voluntários.

Este abrigo fica na Rua João Viana Seiler, Parolim em Curitiba.

Há várias formas de ser voluntário, como por exemplos:

  • Doando alimentos a alguém;
  • Visitando instituições;
  • Escutando pessoas com problemas;
  • Oferecendo alimentos para animais de rua.

Afinal ser voluntário é descobrir que a solidariedade é doar os próprios talentos natos para ajudar o próximo numa troca de energias que faz bem ao espírito. Pois é possível ser um anjo na Terra.

Você pode ainda tanto como pessoa física como jurídica ser um mantenedor na Associação Beneficente Anjos da Cidadania, com qualquer valor mensal, em prol das ações socioculturais da entidade.

Preencha o cadastro abaixo que entraremos em contato.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here