O desafio de gerenciar as diferenças entre as gerações nas empresas

6
1068
Gerações nas empresas

As diferenças entre as gerações nas empresas hoje são mais claras e objetivas.

No passado o que definia e limitava as gerações nas empresas, era o simples fato de observar a geração que sucediam os pais.

Nos últimos 50 anos a aceleração do tempo, a globalização e a tecnologia impulsionaram a mudança desse cenário e hoje calculamos que uma troca de geração a outra é perceptível no período de 10 em 10 anos.

Isso reflete num novo cenário onde pessoas de diversas idades, pensamentos, valores e comportamentos estão cada vez mais atuando juntas na mesma organização.

Após a 2ª Guerra Mundial iniciou-se nos EUA a geração Baby Boomers que tem como principal característica a renovação e traz em sua identidade a vontade de viver num mundo novo onde a paz prevaleça.

Essa geração hoje é ocupada por cargos de CEO’s, Vice-Presidentes e Diretores.

Sua maior preocupação organizacional era permanecer na empresa. A próxima geração que surgiu foi a geração X que no Brasil vivenciou um cenário de mudanças onde a tecnologia deu seus primeiros passos e começou a mostrar para que veio.

Para essa geração a necessidade em adaptar-se ao novo cenário exigia das pessoas uma capacidade imensa em absorver o novo, aceitar e atuar de acordo com essas novidades.

Isso refletiu em alguns comportamentos inadequados que podemos nomear de “resistência”.

Essa nova geração está totalmente conectada no mundo digital.

Com a tecnologia totalmente enraizada e parte da vida do ser humano, nessa nova geração a adaptação ao novo, o dinamismo, a integração e aceleração dos acontecimentos são ingredientes do dia a dia profissional das pessoas.

Neste sentido, as pessoas se sentem cada vez mais parte dos negócios da empresa e é perceptível que saímos de um cenário onde os funcionários executavam as atividades e passamos para um cenário onde participar, sugerir e se envolver é primordial e um requisito importantíssimo para o sucesso.

Paralelamente a essa integração existente entre as gerações temos as empresas que a cada dia buscam atender melhor e cada vez de forma mais personalizada seus clientes.

Há uma preocupação com o resultado final, um desejo em integrar cada vez mais os negócios internos das empresas para buscar essa tal satisfação total do cliente.

Para isso as empresas contam com a integração, aceitação e entendimento entre as gerações onde todos são importantes e juntos podem alavancar os resultados, inovar e transformar cada vez mais o potencial diante o mercado de negócios.

Para que isso aconteça e que todos colaborem simultaneamente na busca da melhoria continua e do crescimento organizacional, é necessário, os gestores entenderem as diferenças entre as gerações e aproveitar de forma estratégica as características positivas de cada uma delas.

A área de Recursos Humanos tem um papel fundamental nessa mobilização, pois, deve atuar fortemente no clima organizacional proporcionando oportunidades e aproximação entre as pessoas.

Essas diferenças entre as gerações ainda permaneceram como um desafio a ser superado pelas organizações.

Nossa política interna que cuida das relações de trabalho tem um novo ambiente que força a permanência das pessoas cada vez no mercado de trabalho com o aumento do período de contribuição para a aposentadoria.

Além disso, temos também um novo modelo de qualidade de vida, expectativa de vida e oportunidades no mercado de trabalho que convidam e permitem que as gerações mais antigas permaneçam trabalhando.

Independente da geração que você se encontra, hoje o cenário organizacional está valorizando as competências das pessoas e isso independe da idade.

A maturidade para enfrentar novos desafios, competitividade e inovação são características esperadas pelos colaboradores.

Conecte-se com esse novo mundo onde cada vez mais as empresas estão se tornando globais. Integre-se, participe, envolva-se.

O mundo é o limite!

6 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here