Restituição – Imposto de Renda Pessoa Física

0
29594
Restituição - Imposto de Renda
Restituição - Imposto de Renda
Imposto de Renda – Pessoa Física (IRPF) é um tributo cobrado anualmente pelo Governo Federal sobre os ganhos de pessoas e seu valor é pago conforme rendimentos declarados. Para maiores informações leiam meu artigo anterior clicando aqui!

Restituição – Imposto de Renda – Se você, durante o ano de 2021, pagou mais imposto do que o necessário, tem direito a restituição.

A restituição – Imposto de Renda ocorre quando, no preenchimento da declaração, o contribuinte concluir que pagou mais impostos do que deveria, tendo assim direito a receber de volta esse valor.

A quantia será devolvida conforme calendário da Receita Federal e conformidade da declaração entregue.

O montante é devolvido em uma conta bancária de sua preferência, ou através da sua chave PIX CPF, informada no ato da declaração, e de acordo com o calendário de restituição, ressaltando que não é possível receber esse valor em conta de terceiros ou conta salário.

Neste ano, a Receita Federal manteve o calendário de liberação antecipado como ocorreu no ano de 2020 e 2021, devido a pandemia.

Serão cinco lotes, conforme descrito abaixo:

LOTES DATA
1º Lote 31 de maio de 2022
2º Lote 30 de junho de 2022
3º Lote 29 de julho de 2022
4º Lote 31 de agosto de 2022
5º Lote 30 de setembro de 2022

 

Vale informar que, segundo a Receita Federal, o valor da restituição é corrigido pela taxa Selic, acumulada a partir do mês de maio até o mês anterior ao pagamento, acrescido de mais 1% no mês do depósito.

Uma informação importante é que não tem como saber exatamente quando o contribuinte irá receber a restituição, mas quem tem pressa deve entregar a declaração o quanto antes.

Isto porque quanto mais cedo o contribuinte entrega a declaração, mais chances ele tem de ser incluído nos primeiros lotes.

Independente disso, os primeiros lotes são voltados para quem tem prioridade de recebimento, como idosos, pessoas com deficiência, portadores de doenças graves e professores.

A consulta da restituição pode ser feito através do site da Receita Federal.

Minha dica é: procure um profissional contábil se tiver dúvidas!

Clique aqui e acesse meus outros artigos.